NW Software

(19) 3475-4141

Como implementar as inovações da indústria 4.0 na sua empresa?

Como implementar as inovações da indústria 4.0 na sua empresa

Com o advento da internet comercial, o mundo começou um processo de transformação nunca antes visto. Em muito pouco tempo, muita coisa mudou e o mundo chegou ao momento da 4ª Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0. Mas nem sempre foi assim. 

Atualmente, vivemos num mundo globalizado, controlado por computadores, sistemas ERP, inteligência artificial e outras tecnologias da Indústria 4.0.

Contudo, o ritmo das transformações que vivenciamos hoje não foi imposto, nem se compara, ao ritmo da Primeira Revolução Industrial, que, motivada pela Revolução Comercial, modificou por completo o destino do mundo.

Como surgiu a revolução industrial? 

Tudo começou lá em 1750, com a expansão do comércio internacional e um aumento de riquezas, o que possibilitou o financiamento de pesquisas, progresso técnico e instalação de indústrias.

O aproveitamento da energia calorífica do carvão mineral e sua transformação em energia mecânica para fazer funcionar as máquinas representaram um grande avanço técnico na produção de mercadorias e, consequentemente, geraram um aumento na produção. 

Desta forma, a manufatura foi substituída pela maquinofatura. 

Já a Segunda Revolução Industrial foi motivada pelo progresso científico que ocorreu nos EUA e na Europa a partir do século XIX. 

A busca por descobertas e inovações entre 1850 e 1950 foi intensa. 

Todo o mundo passou a comprar e consumir os produtos industrializados fabricados pelos países mais industrializados. Novas fontes de energia foram descobertas e revolucionaram ainda mais a produção industrial:

  • petróleo: motor a combustão
  • água: usinas hidrelétricas
  • urânio: energia nuclear

É na Terceira Revolução Industrial que a robótica entra em cena. 

Também chamada de Revolução Informacional, deflagrou-se em meados do século XX, momento em que a eletrônica moderniza a indústria, após a Segunda Guerra Mundial.

Mas não existe um consenso acerca de quando começou a Terceira Revolução Industrial.

Para alguns, foi quando a ciência descobriu as possibilidades de uso da energia nuclear a partir de estudos sobre o átomo. 

Para outros, foi em meados da década de 1970, com a utilização da robótica nas linhas de montagem automotivas. 

Para outro grupo de estudiosos, ainda, a Terceira Revolução Industrial teve início com o surgimento do Personal Computer e da internet. 

Apesar de não haver um consenso sobre quando, de fato, iniciou-se a Terceira Revolução Tecnológica, fato é que ela ganhou destaque a partir de avanços tecnológicos e científicos na indústria, na agricultura, na pecuária, no comércio e na prestação de serviços. 

Assim, podemos definir os períodos que levaram à Indústria 4.0 da seguinte maneira:

  • 1ª Revolução Industrial, século XVIII – Mecanização, introdução da máquina a vapor e do carão.
  • 2ª Revolução Industrial, século XIX – Produção em massa, linha de montagem, com base em petróleo e eletricidade.
  • 3ª Revolução Industrial, século XX – Produção automatizada, utilizando computadores, eletrônicos e TI. 
  • 4ª Revolução Industrial, atualidade – Produção Inteligente, incorporada com Big Data e Internet das Coisas

Inovações da Indústria 4.0

Com o desenvolvimento das tecnologias digitais, a criação de novos métodos de produção foi propiciada nas indústrias globais de forma muito, muito mais rápida do que nas revoluções industriais anteriores à Indústria 4.0. 

Com a digitalização dos processos sociais e industriais, algumas tecnologias, como o sistema ERP, se tornam obrigatórias em empresas de todos os tamanhos. 

Há outros tipos de tecnologias que também fazem parte da Indústria 4.0 e estão presentes no dia a dia das indústrias. 

São estas tecnologias baseadas na automação do trabalho, na robótica, na inteligência artificial, na tecnologia de sensores, na Internet das Coisas, no Big Data, dentre outras inovações. 

Utilizar estas tecnologias no contexto industrial, coordenadas de modo a conferir competitividade ao negócio, otimiza a eficiência da cadeia produtiva, adiciona valor ao produto, racionaliza o uso de recursos e customiza soluções.

É como funciona o mercado da 4ª Revolução Industrial. 

A implementação da Indústria 4.0 em sua empresa representará um grande diferencial em um mercado cada vez mais competitivo e tecnológico!

Com a otimização da coleta e da análise de dados em tempo real, a antecipação de problemas, o aumento da produtividade e a administração preditiva, seu negócio estará apto a atuar no mercado criado pela 4ª Revolução Industrial. 

A seguir, confira alguns benefícios da Indústria 4.0:

  • Redução dos custos de produção;
  • Melhor monitoramento da segurança;
  • Processos sustentáveis;
  • Eliminação de desperdícios;
  • Diminuição de erros;
  • Obtenção de dados estratégicos.

Já existe atualmente um movimento denominado Qualidade 4.0, que é considerado como fundamental dentro de uma organização. 

Para se manter competitivo, é preciso focar cada vez mais na qualidade do produto ou serviço disponibilizado, o que faz com que o termo Qualidade 4.0 ganhe ainda mais força. 

O termo Qualidade 4.0 diz respeito à excelência organizacional tanto no formato de trabalho quanto na entrega do que é produzido. 

No cenário da Indústria 4.0, é preciso levar em consideração algumas tecnologias para que se possa chegar à excelência que o termo Qualidade 4.0 implica. 

Confira algumas tecnologias indispensáveis para a Indústria 4.0:

  • Big Data;
  • Deep Learning;
  • Tecnologia de Sensores;
  • Internet das Coisas;
  • Inteligência Artificial;
  • Sistemas ERP;

Nem todas as empresas precisarão de todas as tecnologias acima descritas, mas uma delas é fundamental, indispensável e comum a todos os negócios da Indústria 4.0, que é o Sistema ERP. 

A seguir, confira um passo a passo para inserir seu negócio no modo de produção da 4ª Revolução Industrial:

  1. Crie Projetos Piloto
  2. Defina os recursos necessário
  3. Desenvolva estratégias para atrair profissionais qualificados
  4. Implemente as novas tecnologias

Comece hoje mesmo uma revolução na sua indústria, fale conosco.